V.Qta do Crasto BrancoVinhos do Douro

Ano Vinícola Depois de 2017 e 2018, com produções significativamente abaixo da média da última década, o ano de 2019 mostrou-se mais generoso em quantidade e mais na linha da média produtiva a que estamos habituados na Quinta do Crasto. No entanto, não deixou de ser um ano considerado desafiante, após um inverno e primavera secos, que levaram a baixos níveis de reservas de água no solo para as necessidades das videiras. Verificámos, no entanto, que nos meses de junho, julho e agosto, as videiras se mostravam com áreas foliares equilibradas e de aparência saudável, não indicando elevados sintomas de stress hídrico. Atribuímos este equilíbrio às temperaturas amenas (menos 5ºC que a média dos últimos 5 anos na Quinta do Crasto) que se fizeram sentir desde maio até final de agosto. Este fator contribuiu positivamente para que o período de maturação das uvas durante os meses de julho e agosto decorresse de forma lenta e muito equilibrada. Como resultado, alcançámos níveis excepcionais de maturação da uva.

A Vindima de 2019 decorreu com muita tranquilidade, onde as noites frias e os dias quentes e secos, permitiram que as uvas fossem vindimadas no momento certo. Essencial foi também a chuva ocorrida nos dias 21 e 22 de setembro, que veio ainda ajudar a refinar a maturação de algumas castas mais tardias, nomeadamente a touriga franca. Na colheita de 2019 recebemos as primeiras uvas brancas da Quinta do Crasto no dia 26 de agosto e terminamos a colheita no dia 11 de outubro com as últimas uvas das vinhas de maior altitude. Como balanço final, temos em 2019 vinhos brancos muito expressivos, com excelente concentração, mostrando extraordinária frescura. Os vinhos tintos são também reflexo do equilíbrio ocorrido durante o ciclo vegetativo, apresentando-se como vinhos muitos completos, onde podemos encontrar aromas vibrantes, excelente concentração, estrutura sólida e acima de tudo grande equilíbrio, indicando um excelente potencial de evolução.

Castas 40% Viosinho ; 30 Gouveio; 30% Rabigato

Vinificação As uvas, provenientes de talhões previamente seleccionados, foram transportadas em caixas de plástico alimentar de 22 kg e sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Foram posteriormente desengaçadas e prensadas. O mosto prensado foi transferido para uma cuba de inox onde se manteve a uma temperatura de 8ºC durante 48 horas até à sua decantação. Seguidamente decorreu a fermentação alcoólica em cuba de inox com temperaturas controladas de 14º C durante um período de 30 dias.

Envelhecimento 85% Do lote de Crasto Branco permaneceu 3 meses em cubas de inox, em processo parcial de trabalho de borras finas batonage. 15% Do lote fermentou e estagiou em barrica usada de 225 litros de carvalho francês onde efectuou também batonage durante 3 meses.

Nota de Prova Vinho de cor limão pálido que apresenta uma enorme frescura aromática, onde predominam aromas vibrantes de frutos cítricos e suaves notas de flor de laranjeira. Evolui na boca de forma elegante, apresentando um excelente volume e textura fina onde sobressaem vibrantes notas de mineralidade. Um vinho envolvente que termina muito fresco e com boa persistência.

V.Qta do Crasto Branco
V.Qta do Crasto Branco
10.00 €
Quantidade
Pedir mais informação
Pedir mais informação
X
Nome:
Telefone:
Email:
Mensagem:
Produtos relacionados
Desenvolvido por: Creoconcept.com | MyCsite.com v4 - web design e criação de lojas online | Sitemap